Posto Ipiranga

posto-ipiranga

Hildemar Engelmann descreve a foto: “Construção do “Posto Ipiranga”, em 1959, pelo meu avô Luiz Fernando Engelmann (na foto menor com a mulher, Hilda). Na época foi o primeiro posto de combustíveis com a bandeira Ipiranga, do Norte de Santa Catarina. Hoje é o “Posto 28”, na Rua 28 de Agosto (principal via pública do Centro de Guaramirim).  (Fonte: Antigamente em Guaramirim)

A onça pintada

onca-pintada

As matas da então Hansa-Humboldt (atual Corupá) e em grande parte da região do Vale do Itapocu,  abrigaram, durante séculos, uma fauna riquíssima e diversificada. Ente tantos animais que habitavam a região, estava a onça pintada, caçada sem tréguas desde o início da colonização não pela carne, mas pelo couro. A foto postada por Fábio Krawulske Nunes não identifica o ano. (Fonte: Antigamente em Hansa Humboldt)

Voluntários da WEG

voluntarios-da-weg

Ivo Kretzer descreve a foto: “Não tenho como não lembrar. Estive junto nesse empenho desde 1974 até 2003, quando me aposentei e parei na vida profissional de trabalho. Foram 29 anos de brigada de incêndio. Fiz essa homenagem na época ao diretor, que a mereceu pelo apoio e incentivo que prestava aos seus bombeiros e ao patrimônio da empresa. Estou ali na foto, de capa amarela. Que Deus tenha o Geraldo (Werninghaus) na sua plenitude e em paz!”

Cantalício Flores

cantalicio-flores

Em 1913 foi criado o Núcleo Colonial Barão do Rio Branco, homenagem ao famoso diplomata falecido um ano antes. Uma das figuras exponenciais do Núcleo Colonial Barão do Rio Branco foi Cantalício Érico Flores. Era farmacêutico, professor, subdelegado, administrador e chefe do núcleo. Foi vereador e politicamente ativo até sua morte, em 1970. Nesta foto, de terno escuro, feita em 1936, ele aparece com crianças que freqüentavam a escola da localidade. Hoje dá nome para uma escola e para a principal praça de Guaramirim.
(Fonte: História de Guaramirim/foto postada por Sueli Murara Dias)

Na Barra do Rio Cerro

no-rio-cerro

A foto de ano não identificado mostra um desfile de alunos da Escola de Ensino Básico Professor José Duarte Magalhães, acompanhados por professoras, pela rua
de acesso à escola no bairro Barra do Rio Cerro. Ao fundo a Padaria Benthien.
(Fonte: Antigamente em Jaraguá do Sul/foto postada por JM Tony)

Em Duas Mamas

em-duas-mamas

A foto, de ano não identificado, mostra todos os alunos da então Escola Mista Estadual de Duas Mamas, em Schroeder.  Acompanhados pelo professor Santos Tomaselli. (Fonte:  Antigamente em Sc hroeder/foto postada por Vilmar Luís Tomaselli)

Parada obrigatória

parada-obrigatoria

Nos primeiros anos da década de 1900 já era grande a movimentação de passageiros do trem que vinha de São Francisco do Sul em direção ao planalto norte catarinense. Em Corupá, a parada obrigatória para o jantar era em restaurante anexo ao lendário Hotel Krelling. O tempo concedido aos viajantes para alimentação era de 20 minutos. (Fonte: Antigamente em Hansa Humboldt/foto postada por Wilson Luiz Blunk)